O “DOM DA ALTERIDADE” A PARTIR DA TRADIÇÃO HERMENÊUTICA CONTEMPORÂNEA

Marcelo Martins Barreira

Resumo


Este artigo objetiva discutir o “dom da alteridade” como referência antropológica do religioso. Faz-se, portanto, uma breve articulação histórica e conceitual como eixo de abordagem teórica e de aplicabilidade social. Utiliza-se no texto a hermenêutica de Luc Ferry e de Paul Ricoeur, especialmente em sua retomada da perspectiva kantiana da relação entre os conceitos de amor e justiça.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.