AS RAÍZES DA TRADIÇÃO BÍBLICA DO ACOLHIMENTO NA IGREJA SEGUNDO O PAPA FRANCISCO: ACOLHER, PROTEGER E INTEGRAR O REFUGIADO

Sílvio Costa Oliveira

Resumo


O presente artigo procura fazer uma leitura das raízes bíblica da tradição da acolhida aos imigrantes e refugiados. Comenta também os pontos mais importantes da mensagem do Papa Francisco, por ocasião do 104° Dia Mundial do Imigrante e Refugiado. Busca realçar as tradições bíblicas presentes no judaísmo e cristianismo sobre a espiritualidade do acolhimento ao estrangeiro, como uma forma da Igreja em sua ação missionária, propondo o acolhimento como uma nova metodologia da ação evangelizadora para toda a Igreja. Mediante às profundas mudanças sociais provocadas pelo desenvolvimento tecnológico que marcou a vida da sociedade do terceiro milênio, tais transformações contribuem para o bem da vida social, e outras acabam gerando dor e misérias no âmbito da comunidade global. O mau uso dessas tecnológicas proporciona a guerra e a luta pelo poder entre os povos. Hoje, inovações tecnológicas são sinais de poder e domínio de uns sobre os outros. Surgem assim, as questões dos refugiados, que assumem dimensões mundiais preocupantes para a Igreja.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.